Novo Saia Justa: Só sobrou a Waldogel

Divulgação

Sou uma entusiasta do ‘Saia Justa’, desde a sua estreia. No entanto, as mudanças ocorridas no formato nos últimos oito anos mostram que, por mais interessantes que sejam as pautas, a base do programa é mesmo quem apresenta. E não é fácil mesmo reunir um monte de mulheres e esperar que deste encontro saiam apenas palavras.

De todas as saias que passaram pelo programa, as mais marcantes são, sem dúvidas, Fernanda Young, Luana Piovani, Betty Lago, Maitê Proença e Márcia Tiburi, as três últimas estavam até o meio do ano no ar, na comemoração de aniversário. Agora, Mônica Waldvogel, que estreou o programa em 2002, é a única peça restante. Para compor os papos com ela, entraram a jornalista Tetê Ribeiro (Folha) e a atriz Christine Fernandes, um papel de pseudo-intelectual que sempre existiu no ‘Saia Justa’.

A pimenta da história fica por conta da participação de quatro homens, que se revezerão no sofá: Dan Stulbach, Du Moscovis, Leo Jaime e Xico Sá ocupam um espaço que antes era reservado apenas para participações em vídeos. Mas será que, para funcionar, é preciso que o saia ganhe uma dose de, digamos, testosterona? Pela estreia, no último dia 08, a mistura pode dar samba. Leó Jaime e Xico Sá sairam-se melhor, inclusive, do que Christine. Vamos ver o que a audiência acha.

Vídeo com depoimentos aqui.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: