CQC #100: Na Copa, no Congresso…


Desde que o formato estreou na Band, em março de 2008, o CQC atraiu olhares e comentários. Visto por muitos como uma imitação do Pânico, sucesso na RedeTV! com seu humor cheio de imitações, mulheres semi-nuas e uma boa dose de sacanagem com a vida alheia. O Custe o Que Custar, formato importado da produtora argentina Cuatro Cabezas, no entanto levou à TV um time diferente, com rapazes vestidos de preto, uns mais com perfil jornalístico, outros mais  comediantes, que ajudaram inclusive no crescimento dos stand-up comedy nos palcos brasileiros, por serem também artistas fora da telinha.

Em 2009, um concurso polêmico selecionou Monica Iozzi para a seleção CQC, antes 100% masculina, aproximando ainda mais o formato da atração original. Até hoje, há quem goste e que quem deteste a menina, mas há de se admitir que a melhora dela foi sensível, quanto mais em sua função atual em Brasília. Nesta segunda-feira, dia 14, foi ao ar o programa número 100, com quadros comemorativos e reunião da equipe no palco, com direito a papel picado. Entre erros, como a escolha de Danilo Gentili para cobrir a Parada Gay, e acertos, como a escalação de Rafael Cortez e Felipe Andreoli para a Copa do Mundo, o CQC continua sendo uma opção bacana para segunda-feira à noite, com menos bundas e peitos que seus concorrentes – o que já é um ganho de qualidade.

Uma resposta para CQC #100: Na Copa, no Congresso…

  1. carolmbf disse:

    Bom flor, vc sabe que eu detesto CQC… acho os caras tão cretinos e pretensiosos que não rola assistir…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: